Celebremos a proximidade

Dec 23, 2020 | Claretian Family, Congregation, Mathew Vattamattam

Meus queridos irmãos, querida Família Claretiana e amigos:

O Natal de 2020 encontra-nos a todos submetidos a várias restrições visando o afastamento do vírus invisível da pandemia que desde há vários meses tem fustigado a humanidade. É neste contexto que celebraremos o Natal, ou seja, a visibilidade da presença amorosa de Deus entre nós na pessoa de Jesus.

Não está a ser fácil combater o vírus da pandemia que infeta as pessoas de um modo tão rápido e até por vezes sem dar sintomas. O vírus debilita funções vitais como a respiração, e afeta o sentido do sabor e do olfato, entre outros sintomas. Temos vindo a resistir ao seu avanço, mantendo a distância, usando a máscara e desinfetando as nossas mãos. Todas as esperanças de voltarmos à vida normal dependem do sucesso da vacinação que estará iminente. Como gostaria que todos nós tivessemos o mesmo pânico e mantivessemos a mesma vigilância em relação aos vírus espirituais que têm vindo a infectar a humanidade nos nossos tempos e que entorpecem corações e mentes, tornando-os insensíveis ao mal e ao pecado!

Immagine3O Natal chega cada ano com a mensagem de que Deus se faz presente no meio de nós pelo nascimento do Menino em Belém. A graça salvadora de Deus faz-se visível e presente em nós (e entre nós) pela ação do Espírito do Senhor Ressuscitado. A vida no Espírito é o antídoto contra o vírus da corrupção, ódio, dominação, ganância, e várias formas de escravatura e atitudes desumanizantes. A vida no Espírito de Cristo faz sobressair o melhor dos seres humanos, como o amor, a alegria, a paz, a paciência, a bondade, a bondade, a fidelidade, a mansidão e o auto-controlo (Cf. Gal 5:19-23).

Jesus faz-se presente ali onde os seres humanos celebram a autêntica proximidade uns com os outros, especialmente com a humanidade sofredora; e quando nos relacionamos abertamente uns com os outros, sem ter que mascarar as nossas intenções. Os profissionais de saúde, os asistentes sociais e os agentes pastorais que têm apoiado infatigavelmente as vítimas do COVID-19 são um exemplo dessa proximidade. O Natal também nos convida a mantermos os nossos corações puros e higienizados para saudar a vinda do Senhor.

Unámo-nos ao cântico natalício dos Anjos: “Glória a Deus nas Alturas e paz na terra aos homens por Ele amados!” (Lc 2:14). Convido-vos, caros irmãos, a aprofundar esse anúncio que se encontra também incorporado nas nossas Constituições, como objetivo da nossa Congregação (CC 2). Façamos nosso o “Fiat” da Virgem Maria, nossa Mãe, cujo “sim” a Deus reverteu o “não” de Eva no jardim do Éden. O primeiro Natal teve lugar na simplicidade e pobreza da manjedoura, longe da pompa e esplendor dos palácios reais. O contexto da pandemia que marca este Natal, convida-nos a saborear de um modo mais profundo o mistério do “Deus connosco” – Emmanuel – nas situações concretas das nossas vidas. Acolhamos de coração aberto as surpresas que Deus nos reserva para 2021.

Desejo a todos um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de graça.

P. Mathew Vattamattam, CMF

Superior General

Download PDF: Mensagem de Natal 2020

News Categories

Archives

claretian martyrs icon
Clotet Year - Año Clotet
global citizen

Documents – Documentos