PROVÍNCIA DE COLÔMBIA ORIENTAL E EQUADOR

Dez 11, 2021 | Colombia Oriental - Ecuador, Congregação, MICLA

XVI CAPÍTULO PROVINCIAL

Dia 10 de dezembro

ENCERRAMENTO DA FASE DO DESCOBRIR

 

Começamos a manhã com a agradável visita do Superior Geral, Pe. Mathew cmf e Pe. Gonzalo Fernández, cmf, que participaram do momento de oração. O clima fraterno desenvolvido ao longo do dia, permitiu-nos avançar com precisão na concretização dos objetivos propostos para a fase do Descobrir, os diferentes grupos que realizaram as conversas em torno dos processos de transformação, permitiram-nos reconhecer as sementes da vida, o joio e os esclarecimentos que cada uma das prefeituras e o governo deviam prever para a fase em questão, a riqueza da província foi evidente e a clareza das respostas às inquietações dos capitulares facilitou o avanço e a conclusão dessa fase.

Em seguida, o Pe. Geral saudou todos os membros do Capítulo Provincial, lembrou-nos da exortação Querida Congregação, agradeceu à Província pelas contribuições que fazemos à Congregação. Ele comentou o que funcionou na reunião dos Superiores Gerais, nos lembrou que estamos em um tempo de mudança, a sociedade está secularizada, estamos em tempos de grandes mudanças. Exige-se que a Igreja seja mais credível no meio das grandes dificuldades que teve. É um momento em que somos convidados a ser ousados, críveis, devemos viver enraizados em Cristo, só assim poderemos viver a conversão sinodal. Temos que sentir a província como nossa, temos que ter um olhar apreciativo, através de conversas produtivas. A formação de lideranças é importante, nossa contribuição é a evangelização a partir da vida religiosa, daí portanto, os nossos respectivos institutos.

O Padre Geral fez menção ao encontro da família claretiana, são 8 ramos que compõem este espaço, o trabalho que podemos fazer juntos é importante. Ele nos convidou a cuidar das vocações, começando pela nossa e ajudando os outros para que respondam com gratidão ao chamado de Deus. Devemos transcender e trabalhar juntos. Ele mencionou os processos de transformação que temos como congregação. Devemos cuidar da missão universal, da disponibilidade que professamos – somos voluntários -, é o envio missionário que recebemos com a consagração, somos chamados e enviados.

O Padre Geral dá os parabéns pelo trabalho de missão compartilhada realizado na província; ele nos lembrou a importância da formação inicial e permanente. Devemos ser responsáveis ​​e corresponsáveis ​​com nossa vocação, a dignidade da pessoa é muito importante, portanto, devemos ser transparentes em nossas ações, é necessário, sempre criar ambientes saudáveis ​​e seguros. Temos um grande patrimônio carismático, muitos claretianos entregues em diferentes periferias, temos muitas sementes de vida, que nos ajudarão a superar ervas daninhas, doenças e assim co-criar o futuro com o Espírito Santo.

 

ABERTURA DA FASE DOS SONHOS

A introdução à fase foi feita pelo Pe. Enrique Aponte, cmf, que à luz do canto sonhador de Claret e do texto bíblico de São Mateus 1, 19-21, começou por nos dizer que na história da salvação Deus aproveitou os sonhos para se revelar. Neles ele mostrou sua vontade e os seres humanos puderam intuir qual era o seu projeto.

Nesta segunda fase, somos convidados a perceber o que poderia ser o sonho de Deus para a Província hoje, os capitulares procurarão vislumbrar esse futuro: qual Província gostaríamos de encontrar no final deste período, quando será o próximo Capítulo Provincial? Tudo o que foi descoberto na fase anterior ajudará a definir o sonho.

Trata-se de fixar nosso olhar nas sementes de vida detectadas. Que província poderia nascer delas? Por que não imaginar um futuro em que todas essas forças possam se harmonizar apoiando a graça em um projeto comum? As intuições de cada um devem ser compartilhadas e discutidas. Todos os capitulares temos tempo para responder a estas perguntas: que características teria aquela Província com que sonhamos? Cada grupo, então, formula o que acredita ser o sonho de Deus para a Província.

 

Este trabalho foi enriquecido com a explicação dos passos a trabalhar que o Pe. Henry Omonisaye, cmf, nos deu, a saber:

  1. Contemplar o Sonho da Congregação, reservar um tempo para ler e reler o sonho, orar com ele e interioriza-lo
  2. À luz do Sonho da Congregação e das conversas realizadas: Escrever o sonho que você acredita que Deus tem para a Província, ter em mente que o fazemos de acordo com o processo em que estávamos na etapa anterior: Apostolado, Governo, Economia, Formação, Espiritualidade
  3. Voltar ao grupo onde trabalho e compartilhar o Sonho elaborado.
  4. Elaborar um único sonho em grupo para a província, que será compartilhado em plenário.

 

No final da tarde foram partilhados os diversos sonhos que consideramos serem os que Deus deseja para a nossa província, ao todo, surgiram 7 sonhos, que foram meditados, refletidos e melhorados.

 

No final do dia, manteve-se um fecundo diálogo com a comissão para os assuntos especiais, o que nos ajudou a continuar a pensar-nos como província e a trabalhar pelo bem-estar da comunidade provincial. Agradecemos ao Pe. Henry Omonisaye, cmf, por sua proximidade, compromisso e testemunho de vida.

 

Concluímos o nosso dia com a celebração da Eucaristia, colocando nas mãos de Deus, cada um dos sonhos que fomos trabalhando, continuaremos com a fase amanhã.

Categorias

Arquivos

Novo Governo Provincial do Peru-Bolívia 2022 – 2028

Novo Governo Provincial do Peru-Bolívia 2022 – 2028

Chaclacayo, Peru. Na quinta-feira, 4 de agosto de 2022, os membros do III Capítulo Provincial da Província Claretiana do Peru-Bolívia elegeram aqueles que completarão o Governo Provincial que conduzirá a Província na realização do Sonho da Congregação no Peru e na...

claretian martyrs icon
Clotet Year - Año Clotet
global citizen

Documents – Documentos