De 25 a 29 de janeiro de 2021, foi realizada a primeira reunião dos procuradores de missão dos Missionários Claretianos. Embora programado para ocorrer em Roma, devido às restrições de viagens causadas pela pandemia, o encontro foi realizado por meio da plataforma online. Todos os procuradores de missões dos Organismos Maiores, junto com alguns associados em missão, participaram destes cinco dias de encontro, passando cerca de três horas juntos online todos os dias a partir das 13h00 em Roma. O Procurador Geral de Missões, Pe. Lord Winner, CMF, coordenou o encontro online de forma eficiente e profissional, planejando com antecedência e meticulosamente levando em consideração todos os detalhes possíveis, o que tornou o encontro mais animado, interativo e interessante. A sessão de três horas cada dia foi dividida em três grandes segmentos nos quais foram levantados diversos aspectos relacionados com a missão da Congregação para estudo, reflexão, discussão e elaboração de propostas. As sessões foram orientadas por especialistas, tanto em espanhol como em inglês, também com tradução simultânea.

Na sessão introdutória do primeiro dia, o Pe. Artur Teixeira, Prefeito Geral de Apostolado CMF, deu as boas-vindas a todos os participantes para que este encontro fosse um momento fecundo e uma oportunidade de partilha, aprendizagem e coordenação entre si, procurando assim que a missão de Jesus Cristo se realize ao estilo de nosso Padre Fundador, Santo Antônio Maria Claret. Ao todo foram 48 participantes das conferências ACLA, ASCLA EAST, ASCLA WEST, ECLA e MICLA. Um dos principais elementos do dia foi a apresentação do Pe. Lord Winner sobre a Procuradoria Geral da Missão (PGM). Ele destacou os princípios orientadores nos quais se baseia o funcionamento da Procuradoria Geral da Missão.

[envira-gallery id=”95405″]

Os destaques do segundo dia foram as apresentações do Pe. Vincent Anesthasiar, CMF, Secretário Geral de JPIC da Congregação e uma sessão interativa dirigida pelo Pe. Artur Teixeira, CMF. Padre Vincent Anesthasiar, CMF compartilhou o tema “Direitos humanos e trabalho de desenvolvimento”, enquanto a sessão interativa do Pe. Artur Teixeira, CMF tratou da avaliação dos critérios claretianos para a gestão de projetos. Isto se fez com o objetivo de apresentar novas propostas para o XXVI Capítulo Geral.

O terceiro dia foi dedicado ao gerenciamento de projetos. O Sr. Thomas Gerhards, consultor independente para a gestão de projetos da Alemanha, fez sua apresentação sobre o tema “Cenários cambiantes da gestão de projetos nas congregações religiosas”. A segunda apresentação foi feita pelo Pe. Gabriel Ponce, CMF e pela Sra. Ana María Estévez, da Proclade Bética (Procuradoria de Fátima), que expôs as expectativas em relação ao trabalho dos projetos financiados por fontes claretianas de financiamento.

O quarto dia foi dedicado à reflexão sobre vários elementos de gestão de desastres e prontidão de aquisições para a Missão. A Sra. Giovanna Reda, da Good Shepherd International Foundation, Itália, falou sobre “Preparação e Gerenciamento de Desastres”. Em seguida, o Pe. Artur Teixeira CMF fez uma apresentação sobre o Programa SOS Família Claretiana que começou em 2018 com o esforço conjunto da Família Claretiana para apoiar as comunidades em tempos de desastre. A seguir, o Sr. Fernando Guzmán, leigo claretiano, falou dos voluntários para a missão claretiana desde uma perspectiva internacional.

No último dia, o Pe. Rohan Dominic, CMF, representando os claretianos da ONU, fez sua reflexão sobre o tema das iniciativas de ação social a partir dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Em seguida, o Pe. Lord Winner fez uma apresentação sobre as diretrizes práticas e explicou os diferentes elementos práticos relacionados com a Procuradoria de Missões.

Por último, o Pe. Mathew Vattamattam, Superior Geral, dirigiu-se aos participantes, indicando os três processos de transformação, a saber, uma Congregação cessante, uma comunidade de testemunhas e mensageiros e homens que adoram a Deus em espírito. Além disso, ele insistiu que “não podemos ser apenas assistentes sociais; também somos crentes. Além disso, lembrou os valores da responsabilidade, prestação de contas e transparência da missão que devem ser vividos em nossos apostolados. Concluímos o encontro com a oração apostólica de Santo Antônio Maria Claret.

 

Stephen Satheesh, CMF, Procurador de Missões, Delegação St. Joseph Vaz – Sri Lanka

Categorias

Arquivos

A urgência de continuar cuidando do planeta

A urgência de continuar cuidando do planeta

Nova York, EUA. As Nações Unidas acolhem nestes dias a celebração de um encontro de alto nível (HLPF) sobre desenvolvimento sustentável e cuidado do planeta no qual participa a Família Claretiana. Os membros da Equipe dos Missionários Claretianos perante as Nações...

claretian martyrs icon
Clotet Year - Año Clotet
global citizen

Documents – Documentos