50 anos de presença claretiana em Segóvia

Dez 4, 2011 | Família Claretiana, Ministério Paroquial, Santiago

Segovia, Espanha. O dia 26 de novembro de 2011, sábado, foi um dia bem marcante na comunidade de Segóvia. Quatro dias antes era celebrada a fundação desta casa-missão (a 22 de novembro de 1861) na qual interveio diretamente o Pe. Claret.

O encontro festivo para o qual foram convocados todos os claretianos que depois da etapa de formação inicial tiveram como destino esta comunidade, teve a presença do senhor bispo da diocese, D. àngel Rubio, acompanhado pelos claretianos: monsenhor Luis Gutiérrez Martín, bispo emérito de Segóvia, o Pe. Gonzalo Fernández Sanz, prefeito geral de espiritualidade, o Pe. Manuel Tamargo, provincial de São Tiago, e os padres Luís Ángel de las Heras e Ángel de la Parte, do governo provincial, e muitos outros vindos de diferentes lugares da Espanha. Igualmente marcaram presença um considerável número de sacerdotes da capital e religiosos (as) que reunidos para o seu retiro do Advento, se quiseram associar à eucaristia de ação de graças, bem como muitos fiéis da paróquia de “El Salvador”, alguns professores do Colégio e muitos catequistas e amigos e simpatizantes dos claretianos.

Antes da celebração eucarística, fez-se o acolhimento aos convidados, saboreando um café nos refeitórios do colégio.

Depois, e já no salão de atos, o Pe. António Bellella Cmf, brindou os presentes com uma conferência sobre o que supôs este século e meio. Sob o título “Muitas caras, muitas tarefas. Uma única missão”, uma projeção simples com breves pinceladas literárias e com imensas fotografias, completava a sua magnífica conferência, lembrando tantos missionários, os seus trabalhos, realizações e projetos, que durante 150 anos foram deixando a sua craveira missionária e claretiana, nesta magnífica cidade e província castelhana.

Este encontro permitiu também a apresentação do esmerado trabalho do Pe. Francisco González Galán Cmf, que reeditou e alargou com delicadeza a “Memória Centenária da Casa de Segóvia”. Elaborada em 1961, pelo Pe. Conrado Oquillas, acrescentando ao seu conteúdo muitas referências acontecidas nos quarenta anos subsequentes, dando origem a um volume que anda perto das 800 páginas, com mais de 150 fotos e reproduções.

O dia terminou com o almoço fraterno, onde os claretianos da comunidade atual e do passado, claretianos que moldaram a sua vocação no colégio, bispos e sacerdotes e algumas pessoas amigas, partilharam lembranças, nomes e muitas ilusões missionárias. (Fotos)

Categorias

Arquivos

Reunião da Equipe da Família Claretiana em Vic

Reunião da Equipe da Família Claretiana em Vic

A primeira reunião da Equipe da Família Claretiana foi realizada de 11 a 13 de novembro de 2022 em Vic, após a 10ª reunião realizada em Roma em dezembro do ano passado. Foi coordenado por María Gracia García Baquero, Superiora Geral das Irmãs Missionárias da...

claretian martyrs icon
Clotet Year - Año Clotet
global citizen

Documents – Documentos