MENSAGEM DE NATAL 2017

Dez 23, 2017 | Painel dos avisos

Ao nos aproximar do Natal de 2017 com alegria e esperança, aprofundemos nossa compreensão do mistério da encarnação com um coração contemplativo, formado na frágua do Coração de Maria. Não há melhor preparação do que o seu Imaculado Coração providenciou para que a Palavra se fizesse carne e habitasse entre nós. Nosso coração missionário necessita da sensibilidade do Coração de Maria para receber a Palavra de Deus e se converter em testemunha e mensageiro da alegria do Evangelho.

O acontecimento da encarnação transforma as prioridades e interesses humanos e nos convida a fazer uma mudança de direção nesse caminho que nos leva imprudentemente para o autoengrandecimento humano e a glória pessoal. No XXV Capítulo Geral decidimos ser uma Congregação “em saída” (MS 66). A encarnação é a chave para entender o que significa “em saída”. O amor autoesvaziado da Trindade é a fonte de “Deus em saída” ao “assumir a condição de escravo, fazendo-se semelhante aos homens” (Filipenses 2,6-7). Enquanto a rejeição humana impeliu o casal de Nazaré para o canto de um estábulo em Belém, os animais se colocaram ao lado para possibilitar o nascimento do bebê. Também a estrela guiou os magos que buscavam chegar ao presépio nas periferias de Belém para adorar o recém-nascido Príncipe da Paz. De fato, o maior acontecimento de nossa história ocorre em harmonia e cooperação eco-cósmica!

O Natal é a celebração do primeiro envio, o fundamento de cada envio missionário na Igreja. O envio do Filho de Deus e o tornar-se um entre nós transformaram nossa história humana. Nossos missionários que se encontram em diversas periferias são capazes de aceitar as demandas de inculturação e entrar na vida das pessoas ao tornar presente a dinâmica da encarnação em suas vidas e sua missão. A celebração do Natal se torna real quando crescem a alegria e a esperança entre as pessoas, à medida que os missionários chegam a essas periferias geográficas e existenciais do sofrimento humano. No Natal, penso em nossos missionários que são portadores de alegria e esperança em diferentes rincões do mundo em meio a dificuldades. Eles deixaram suas casas para estar presentes onde Deus quer um Natal. Sim, um missionário faz sua a resposta do Filho de Deus ao seu envio: “Aqui estou, Senhor, envia-me” (Is 6,8).

Não há Natal se permanecermos encerrados em nossas zonas de conforto e apegados a nossos pequenos círculos sociais. Ungido pelo Espírito Santo, um missionário sai para compartilhar um lar com os sem-teto e aqueles que estão privados de sua dignidade e seu valor como filhos de Deus. Espero que o Natal deste ano nos impulsione a ver o sofrimento de nossos irmãos e irmãs que nos cercam com o coração de Deus. Renovemos nossa disponibilidade missionária para ser enviados em missão com os sentimentos do Filho, Emanuel, Deus conosco.

Desejo a toda a Família Claretiana, amigos e colaboradores um Natal muito feliz seguido de um Ano Novo pleno de graça!

Mathew Vattamattam, cmf

Superior Geral

Categorias

Arquivos

A AUDÁCIA DA PÁSCOA

A AUDÁCIA DA PÁSCOA

Nosso recente 26º Capítulo Geral nos convida a estar "enraizados em Cristo e ousados na missão! Sonhamos com uma Congregação peregrina, enraizada na fé em Jesus Cristo e na espiritualidade claretiana (QC 43). A Páscoa nos lembra o fundamento de nossa fé, sobre o qual...

claretian martyrs icon
Clotet Year - Año Clotet
global citizen

Documents – Documentos