Carta do Superior Provincial da Polônia – Informações sobre a Ucrânia

Mar 5, 2022 | Polska, Solidariedade e Missão

Varsóvia, 4 de março de 2022

Queridos Irmãos e amigos:

Primeiramente, gostaria de agradecer a todos por seu grande interesse pelos acontecimentos que têm lugar além da nossa fronteira oriental e que estão relacionadas com a guerra provocada pela Rússia na Ucrânia, onde os missionários claretiano da Província da Polônia estão presentes a pouco mais de um ano. Muito obrigado a todos os que já nos apoiaram economicamente (por exemplo, a Província de Santiago), bem como aos que nos perguntam sobre isto ou expressam sua proximidade e solidariedade através da oração e por mensagens de apoio e unidade.

Nossos confrades poloneses servem em dois lugares na Ucrânia. Truskavets (onde moram) e Boryslav (a cidade onde chegam). Em Boryslav, as Irmãs Servas da Imaculada Conceição (congregação fundada na Polônia) trabalham e ajudam na igreja e na catequese. A comunidade de Truskawiec é composta por três missionários claretianos: Pe. Wojciech Kobyliński (superior), Pe. Krzysztof Łabędź (vice-superior) e Ir. Marcin Kukuś (ecônomo). Eles ficaram sabendo da eclosão da guerra por meu intermédio, porque li as notícias na Internet logo pela manhã. Isso mostra o poder da mídia moderna: você pode aprender mais e mais rápido na Internet do que por uma pessoa do lugar. Além disso, a Ucrânia é um país grande (600.000 km2). A comunidade claretiana vive no oeste, e o ataque russo começou no leste da Ucrânia.

Nossos confrades decidiram desde o início que ficariam ali com as pessoas que queriam ajudar o maior tempo possível. Quanto à sua segurança, sua situação tem sido basicamente a mesma desde o início da guerra: paz e tranquilidade (interrompida de tempos em tempos por alarmes). Além disso, existem inúmeros postos de controle na entrada da cidade. Atualmente, os efeitos da guerra em Truskavets são que muitas pessoas (mulheres e crianças) fogem para a Polônia, já que a fronteira polonesa fica a apenas 60 km de distância. Nossos confrades estão ajudando a transportar muitas pessoas, com mais refugiados fugindo da parte oriental da Ucrânia devastada pela guerra todos os dias. Alguns vêm apenas por um tempo – considerando Truskavets como uma escala a caminho da Polônia – enquanto outros esperam que seja aqui que eles esperam que a tragédia termine. A situação é realmente difícil porque os russos atacam e bombardeiam alvos militares, mas também casas e blocos de apartamentos, hospitais, escolas e jardins de infância; como por diversão, eles matam civis inocentes, incluindo mulheres e crianças.

Esta situação levou os nossos confrades de Truskavets, para além do seu normal trabalho paroquial, a servirem de motoristas, transportando mães com filhos até à fronteira polonesa; organizando alimentos, roupas e remédios; às vezes eles dão uma quantia em dinheiro para aqueles que fugiram de mãos vazias de regiões devastadas pela guerra. As necessidades estão aumentando, mas a ajuda está se tornando mais organizada, tanto graças às autoridades municipais de Truskavets quanto à ajuda da Polônia e de outros países.

Quanto à ajuda, vem em duas direções: em Truskavets (através de nossos confrades e religiosas); e na Polônia (desde o início da guerra, mais de 600.000 pessoas emigraram para a Polônia). A ajuda é organizada em nossas paróquias e por meio de nossos colaboradores e amigos próximos. Nossas comunidades claretianas na Polônia também ajudam os refugiados da Ucrânia dando-lhes espaço para morar em nossas casas (este é o caso de Wrocław e Paczyna; as comunidades de Varsóvia e Krzydlina Mała estão prontas) e ajudam comprando alimentos básicos e produtos de higiene.

Sabemos que nossa capacidade é limitada, por isso estamos satisfeitos que muitos de vocês estejam perguntando como podem ajudar. Isso nos deixa muito felizes e já agradecemos sinceramente por todas as suas ofertas de ajuda. Estamos cientes de que a situação atual vai piorar e provavelmente vai continuar por muito tempo, por isso queremos ajudar de forma estruturada e prudente (não dando todos os recursos de repente). Portanto, se você estiver disposto e puder ajudar, faça-o, com algumas dicas nossas:

Não podemos garantir uma contabilidade detalhada dos fundos recebidos (a situação de guerra torna isso difícil). Se isso for necessário para prestar ajuda, lamentamos, mas teremos que desistir, porque na Ucrânia nossos confrades não têm tempo nem força para lidar com a documentação de maneira detalhada e sistemática. A confiança deve ser suficiente, embora, é claro, tentaremos fazer tudo o que pudermos.

Muitos de vocês pedem fotos. É muito difícil para nós forçar nossos confrades a tirar fotos em situações de dor, sofrimento, privação e miséria. Existem algumas pessoas, repórteres, que se dedicam a tirar esse tipo de foto profissionalmente; você pode encontrá-los facilmente na internet. Em segundo lugar, é perigoso tirar fotos aqui porque todos são hipersensíveis à espionagem e vários espiões russos já foram capturados. Claro, se recebermos alguma foto para torná-la pública, ficaremos felizes em compartilhá-la com você.

Também não podemos dividir os fundos e, por exemplo, tirar fotos separadas dos itens comprados com dinheiro da Polônia e outros separados com dinheiro da Espanha ou Roma… Por favor, desculpe-nos por isso também.

É possível que fique difícil cumprir os prazos estabelecidos por várias organizações, mas é claro que tentaremos.

Como já mencionei, ajudamos e queremos ajudar em duas direções: refugiados na Polônia (no futuro, podem ser vários milhões) e na Ucrânia. Se você deseja que seu dinheiro vá apenas para os necessitados na Ucrânia, indique isso com uma nota adequada.

Pedimos aos nossos confrades da Ucrânia que nos enviem mensagens regularmente (uma vez por semana) que lhes transmitiremos. Um deles, Pe. Wojciech Kobyliński CMF, já escreve mensagens no Facebook quase todos os dias e anexa fotos, que também podem ser usadas: facebook.com/wojciech.kobylinski.35

Os fundos podem ser transferidos para a conta bancária da nossa Província (conta em euros):

Misjonarze Klaretyni Kuria Prowincjalna

Poborzanska 27, 03-368 Warszawa

IBAN: PL87 1020 1013 0000 0902 0020 9643

SWIFT/BIC: BPKOPLPW

Todos os dados e outras informações necessárias podem ser obtidos escrevendo-me diretamente para o seguinte endereço de e-mail: prowincjal@klaretyni.pl

Finalmente, agradeço-lhes mais uma vez pelo seu interesse, as suas orações e o seu sentido de autêntica fraternidade. Isto é muito importante para nós, especialmente para os confrades que trabalham na Ucrânia. Peço também oração por nossos confrades (nove missionários claretianos) que trabalham na Rússia e na Sibéria. Esta situação também não é fácil para eles.

Saúdo a todos em nome do Senhor.

Pe. Piotr Bęza, CMF

Superior Provincial da Polônia

Categorias

Arquivos

A urgência de continuar cuidando do planeta

A urgência de continuar cuidando do planeta

Nova York, EUA. As Nações Unidas acolhem nestes dias a celebração de um encontro de alto nível (HLPF) sobre desenvolvimento sustentável e cuidado do planeta no qual participa a Família Claretiana. Os membros da Equipe dos Missionários Claretianos perante as Nações...

claretian martyrs icon
Clotet Year - Año Clotet
global citizen

Documents – Documentos