O MOSAICO DO CLARETIANUM NA CÚRIA GERAL

Jan 17, 2021 | Casas Gerais, Claretianum, Congregação, Curia Geral, Mathew Vattamattam, Notas históricas

Roma, Itália. Em 1959 foi inaugurado o Colégio Internacional Claretiano (Claretianum) de Roma. Pouco depois, o cardeal Larraona consagrou o altar da nova capela. No presbitério se destacava o grande mosaico do Coração de Maria no Pentecostes. Uma bela imagem de 4 metros flutuando entre duas nuvens, uma a seus pés, a outra no alto de onde emergiram as mãos feridas do Salvador, enviando o Espírito Santo, em forma de pomba, sobre Maria em atitude de abraçar seus filhos enquanto distribui os dons do Espírito em forma de chamas. O valioso mosaico foi obra de um consórcio da fábrica de mosaicos do Vaticano, chamada Studio Cassio.

No ano 2000, devido às obras de reconversão de uma parte do Claretianum em Casa para Férias, a capela foi reformada, e por isso o grande mosaico do Coração de Maria foi embalado em peças manejáveis, na esperança de encontrar um local adequado para a sua realocação.

 

20 anos depois, em dezembro de 2020, o Governo Geral, após uma tentativa fracassada de realocar o mosaico na nova igreja de Altamura, decidiu colocá-lo em um espaço externo digno, visível do jardim, e também de costas para o grande mural da vinda do Espírito Santo, pintado pelo Pe. Maximino Cerezo na ábside da Capela da Cúria Geral. A partir daí, hoje abraça a Cúria e a comunidade paroquial, distribuindo generosamente os dons do Espírito Santo recebidos de seu Filho. Em 16 de janeiro de 2021, em uma cerimônia simples, o Padre Geral, Mathew Vattamattam, benzeu o mosaico com a ajuda de ambas as comunidades.

Aproveitando a oportunidade, a estátua de São José, padroeiro da Cúria, também foi deslocada, passando da esplanada exterior intermédia para o jardim da entrada principal da Cúria.

 

 

 

[envira-gallery id=”94662″]

Categorias

Arquivos

claretian martyrs icon
Clotet Year - Año Clotet
global citizen

Documents – Documentos