Claretianum, 50 anos dedicados à Vida Consagrada

Nov 26, 2021 | Aniversários, Casas Gerais, Claretianum, Institutos de Vida Consagrada, Pastoral Educativa

Roma, Itália. O Instituto Claretianum de Teologia da Vida Religiosa foi instituído, por decreto da Congregação para a Educação Católica, em 6 de junho de 1971. Foi o primeiro Instituto com tal especialização na Igreja. Mas a iniciativa veio de muito antes. O Capítulo Geral de 1934 decidiu abrir um Colégio Internacional em Roma. No ano seguinte começa, em tempos difíceis, a crise econômica sem solução de 1929, a Guerra Civil Espanhola e a Segunda Guerra Mundial. Depois disso, o Capítulo Geral de 1949 renova o propósito. Será o Revmo. Padre Peter Schweiger que conseguiu inaugurar o prédio da Via Aurelia e iniciar o primeiro ano letivo em 15 de outubro de 1959. Quatro anos depois, em 22 de agosto de 1963, o Instituto foi agregado à Faculdade de Teologia da Universidade Lateranense. Ele poderia conceder bacharelado e licenciatura em teologia.

Depois do Concílio Vaticano II, a reforma dos estudos foi promulgada com o documento Normae quaedam (1968). Foi necessário determinar a Licença em Teologia e decidiu-se pela especialidade em Vida Religiosa. O Decreto de Criação (1971) acatou o pedido apresentado pelo Rev. Pe. Antonio Leghisa. Os graus de Licença e Doutorado puderam ser obtidos. Uma solene concelebração, presidida pelo Cardeal Arcadio Mª Larraona, marcou a solenidade de abertura, em 24 de outubro de 1972. Vinte professores claretianos compunham o claustro, com o diretor Pe. Alois Hornung, aos quais se agregaram cinco religiosos de outras congregações e um psicólogo leigo. Atualmente apenas dez professores são claretianos, sete da comunidade que atende o Centro. De um total de 48, os externos são maioria absoluta. O evento sempre foi visto como uma missão compartilhada, que reflete a pluralidade de cultura e pertença.

Alguns dados corroboram essa realidade. Já passaram pelo Instituto 323 grupos: das antigas ordens às novas formas de vida consagrada. As nações de origem são 103, dos cinco continentes. Os inscritos no Curso Acadêmico foram 6.503; no Curso Anual, 6.994. A maioria de nossos graduados exerce ofícios de formação ou de governo. Há um bom número de Superiores / Superioras Gerais, alguns bispos missionários e outros cargos eclesiais; o mais recente foi João Gutemberg Sampaio fms, secretário executivo da Rede Eclesial Panamazônica.

Para o ano acadêmico de 1987-88, o Revmo. Pe. Gustavo Alonso e o Diretor Pe. José Rovira tomaram a corajosa decisão de reintegrar o Claretianum no edifício da Via Aurelia. Saindo do centro para a periferia, os alunos aumentaram. Em 1996, o diretor Pe. Matías Augé obteve a mudança de nome para Instituto de Teologia da Vida Consagrada. A oferta acadêmica também foi ampliada. Recebendo proposta do diretor Pe. Santiago Mª González Silva, a Congregação para a Educação Católica aprovou a concessão do Mestrado em Teologia da Vida Consagrada (2003) e do Mestrado em Economia para Entidades Eclesiásticas (2005). Um centro de escuta, com atendimento psicológico, foi promovido pelo diretor Pe. Jesús Mª Alday.

Apesar de suas reduzidas dimensões, dentro do contexto acadêmico romano, o Claretianum é considerado uma referência em sua especialidade. O diretor Pe. Matías Augé participou do Sínodo sobre a Vida Consagrada (1994). As duas primeiras subsecretárias da Congregação para a Vida Consagrada, Enrica Rosanna fma e Nicla Spezzati asc, foram nomeadas como professoras do Instituto. Entre os professores estão seis consultores da mesma Congregação. Da Exortação Vita Consecrata (1996) até as diretrizes Para vinhos novos, odres novos (2017) têm colaborado nesses documentos. As Semanas de Vida Consagrada, nas datas anteriores ao Natal, são uma plataforma de prestígio que define anualmente a agenda de muitas comunidades romanas.

Há vinte e cinco anos, o Cardeal Aquilino Bocos destacou como notas características do Claretianum “a eclesialidade, a atenção aos sinais dos tempos e o seu empenho em manter o estudo da vida consagrada no nível universitário”. Atualmente, sob a direção do Pe. Xabier Larrañaga, em completa substituição ao grupo fundador, todas as possibilidades permanecem abertas. Como escreveu o Revmo. Pe. Mathew Vattamattam: “Esperamos que seja um momento de renovado e melhor serviço missionário aos consagrados”. O ponto-chave sempre será a convicta entrega a ele.

Santiago Mª González Silva, cmf

Categorias

Arquivos

Concluído o Jubileu de Ouro do Claretianum

Concluído o Jubileu de Ouro do Claretianum

Roma, Itália. Na terça-feira, 31 de maio de 2022, Festa da Visitação de Maria a Isabel, o Claretianum - Instituto de Teologia da Vida Consagrada (ITVC) em Roma concluiu a celebração do Jubileu de Ouro de sua fundação com uma celebração eucarística presidida por sua...

claretian martyrs icon
Clotet Year - Año Clotet
global citizen

Documents – Documentos